Quem somos

iMusician é uma start-up suíça que oferece aos músicos tudo o que eles precisam para vender, gerenciar e monetizar suas músicas online. Somos uma pequena equipe internacional e apaixonada por música, nossa missão é cuidar da parte tediosa do seu trabalho para que você possa se concentrar na coisa mais importante: fazer música!

Nossa equipe é formada por pessoas de 10 nacionalidades diferentes, incluindo 2 djs, 2 proprietários de gravadoras, 1 pianista, 1 moderador de rádio, 1 agente de reservas, 1 baixista, 1 cantor e 1 guitarrista, todos coordenados por um CEO totalmente desprovido de gosto musical… mas ninguém é perfeito! Você pode nos encontrar trabalhando em nosso escritório em Zurique, e ficaríamos encantados se você viesse um dia para dizer olá.

Você pode ler mais sobre nossa história, equipe, os artistas que distribuímos, os serviços que oferecemos ou pode entrar em contato para que possamos tirar dúvidas. 

Uma breve história

iMusician Digital foi fundada em Zurique em 2007 como uma resposta ao declínio da indústria da música. Olhando para trás, foi fácil culpar esta estagnação pela reação inadequada da indústria à crise; mas já em 2007, os números indicavam que o bom e velho CD já não era a solução.

Se a crise na venda de cds foi difícil para as gravadoras, para os músicos ainda mais. Infelizmente, na indústria da música, os músicos não atuam como clientes das gravadoras. São antes considerados como seus fornecedores e, como em qualquer tempo de crise, são os fornecedores (músicos, bandas e artistas neste caso) que são mais espremidos para reduzir custos.
Em 2007, Shigs Amemiya e Tobi Wirz decidiram tomar medidas para mudar as regras do jogo, criando um novo conceito de empreendimento musical no qual:

  1. Não definir as vendas como a principal fonte de receita.
  2. Colocar o músico em primeiro lugar, sempre

E foi assim que nasceu a iMusician: uma empresa para os músicos serem clientes e, graças a um serviço simples e eficaz, colocar suas músicas à venda online por um preço acessível e sem ter que depender de nenhuma gravadora. Tudo isto graças a um sistema altamente automatizado, baseado num modelo de negócio “longtail” e onde a principal fonte de rendimento é através de pagamentos antecipados. Uma vez definidos estes parâmetros, os restantes caíram pelo seu próprio peso.

Já em 2010, os artistas da iMusician começaram a entrar nas listas oficiais de vendas suíças e isso não agradou às grandes gravadoras. Eles rapidamente mudaram as regras das paradas para excluir os artistas iMusicanos das paradas oficiais da Suíça. Naturalmente, a iMusician não pôde aceitar esta injustiça, e assim a empresa entrou com uma ação judicial contra a IFPI e os principais rótulos relacionados com a Comissão de Concorrência Suíça WEKO – e foi provado que tinha razão. As rés aceitaram imediatamente a multa de CHF 3,5 milhões, antecipando-se assim à lei do linchamento público. O resto é história.

iMusician alcançou o equilíbrio econômico já em 2012, algo inédito para uma startup online – especialmente para uma startup de música – iMusician despertou cada vez mais interesse na comunidade musical. Hoje, pertence parcialmente ao State Bank of Zurich (ZKB) e tem investidores e conselheiros como Joachim Schoss (fundador do Scout24 e um dos mais respeitados empresários alemães), Tim Renner (antigo membro da Universal DE), Timm Degenhardt (CMO Sunrise) and Jost Wirz (presidente honorário do Grupo WIRZ).

sales graph